Publicidade
Início TV 7 momentos que Caetano Veloso te embalou enquanto você assistia novelas

7 momentos que Caetano Veloso te embalou enquanto você assistia novelas

Na semana do aniversário de 73 anos de Caetano Veloso, separamos 7 músicas que fizeram parte de trilhas sonoras de novelas.

Caetano Veloso (Foto: Reprodução)
Na semana do aniversário de 73 anos de Caetano Veloso, separamos 7 músicas que fizeram parte de trilhas sonoras de novelas (Foto: Reprodução)
Publicidade

Nessa sexta-feira, 7 de agosto, foi aniversário de Caetano Emanuel Viana Teles Veloso. Ele cantou samba, bossa-nova, rock, axé e vários tipos de música. Cantor, tropicalista, compositor, escritor, transgressor, pensador, inteligente e nosso amigo. Sim, ele é nosso companheiro de vida em situações as quais você nem pode imaginar.

Publicidade

A obra de Caetano está em diversos momentos e culturais. O artista e suas músicas estão em tudo na sua vida, nos seus suspiros de amor, nas brigas em que você quer dar em que você ama, nas comemorações, nos gritos contra os opositores, nas derrotas também. Nos livros, CDs, filmes e um das maiores paixões nacionais: a novela.

Por falar de diversas formas de amor e de amar, Caê (como é carinhosamente chamado) tem músicas suas em inúmeras trilhas sonoras de folhetins. Das mais antigas as mais recentes, lá está ele, colocando você para refletir em como ele consegue dar voz aos seus sentimentos. Vem ver a lista que o Almanaque da Cultura preparou para lembrar as canções de Veloso que embalaram suas noites no sofá torcendo por aquele casal com a vida amorosa melhor do que a sua.

1. “O Leãozinho “: Tema da novela “Sem Lenço, Sem Documento” (1977) (Aqui em moderna versão com Maria Gadú)

Quem nunca ficou todo fofinho cantando essa música que está nem nossas cabeças há mais de 20 anos?

2. “Alegria Alegria”: Tema da novela “Sem Lenço, Sem Documento” (abertura) (1977) e da minissérie “Anos Rebeldes” (1992)

Grande hino cantado por multidões e símbolo da liberdade em momentos difíceis da história nacional.

3. “Queixa”: Tema da novela “O Homem Proibido” (1982)

Quer uma boa canção para ouvir após terminar um relacionamento? Esta é uma ótima pedida, com um quê filosófico de fossa featuring “me deixa morrer sozinho no meu canto”.

4. “Você é Linda”: Tema da novela “Eu Prometo” (1983)

Grande declaração às mulheres com uma melodia que será guardada na sua memória até a eternidade (mesmo que você não viva até lá).

5. “Meia Lua Inteira”: Tema da novela “Tieta” (1989)

A sequência de onomatopeias e travas-língua em que você se perde tentando cantar e entender o real sentido da coisa.

6. “Sozinho”: Tema da novela “Suave Veneno” (1999)

Atire a primeira pedra quem nunca chorou ao som desta melodia. Você não? Corre que ainda dá tempo, pois aquela parte “Por que você me esquece e some? E se eu me interessar por alguém? E se ela, de repente, me ganha?” é uma das maiores indiretas existentes na MPB.

7. “Sonhos”: Tema da novela “Babilônia” (2015)

Mais uma da série “terminei e quero sair por cima”. Famosa letra cujo refrão diz “Mas não tem revolta não Eu só quero que você se encontre”. Gente, tem revolta sim. Caetano, nos abrace, só você nos entende. Feliz Aniversário!

Publicidade