Guto Goffi, fundador e baterista do Barão Vermelho, lança álbum autoral ‘Respirar’

Guto Goffi lança 'Respirar': Uma ode à música e à vida durante a pandemia.

Guto Goffi, fundador e baterista do Barão Vermelho, lança álbum autoral
Guto Goffi, fundador e baterista do Barão Vermelho, lança álbum autoral "Respirar"

O músico carioca Guto Goffi, cofundador e baterista da banda de rock Barão Vermelho, está de volta aos holofotes com o lançamento de seu quarto álbum solo, intitulado “Respirar”. Este trabalho autoral representa não apenas uma continuação do estilo único de Goffi, mas também um testemunho artístico de sua resiliência durante o período desafiador da pandemia de do Coronavírus entre os anos de 2020 e 2021.

“Respirar” é um álbum que, como o próprio nome sugere, busca a essência da vida e da arte em meio à turbulência do mundo moderno. Guto Goffi, conhecido por valorizar profundamente a qualidade textual em suas composições, entrega músicas carregadas de significado e poesia. Além das composições originais, o álbum conta com colaborações de letristas notáveis, como Cazuza e Frejat na faixa “Bilhetinho Azul”, onde Goffi canta sobre o amor e a partida.

Capa do álbum "Respirar" (Foto: Divulgação)
Capa do álbum “Respirar” (Foto: Divulgação)

Uma das faixas mais destacadas do álbum é “Duas Estrelas Caindo”, uma canção com a participação especial de Armandinho Macedo na guitarra baiana e de Daúde nos vocais. A faixa, coescrita por Rodrigo Pinto, Luís Brasil e Guto Goffi, celebra a vida em todas as suas nuances.

O poeta Mauro Santa Cecília também é homenageado em “Fôlego”, onde Goffi reflete sobre a respiração como um elo universal entre todos os seres humanos. A música é uma ode à nossa essência e à conexão que todos compartilhamos.

Guto Goffi não está sozinho em “Respirar”. O álbum conta com a participação de músicos talentosos do Bando do Bem, que acompanham o artista desde 2016, e apresenta Arnaldo Brandão, lendário baixista, na faixa de abertura “Quem Alimenta Quem?”, uma reflexão sobre o ciclo da busca e do conhecimento.

O guitarrista Claudio Gurgel também contribui para o álbum, seja com sua habilidade na guitarra ou suas colaborações na composição, como na cativante “Corações Solidários”.

Gravado durante a pandemia, “Respirar” forçou Guto Goffi a buscar soluções caseiras, incluindo o uso de instrumentos virtuais e a programação de ritmos e percussões. O resultado é um álbum que, de certa forma, reflete a criatividade e a adaptabilidade necessárias para superar desafios.

O álbum encerra com uma versão da icônica canção natalina “Noite Feliz”, composta em 1818 por Franz Xaver Gruber. A escolha desta música parece simbolizar a esperança e a paz que Guto Goffi deseja compartilhar com seu público.

“Respirar” é mais do que um simples álbum; é uma jornada musical e espiritual. Agora, é hora de respirar fundo e desfrutar das notas e letras que começam com a letra “R” deste talentoso músico brasileiro.

Leia também: